O PRENABE é um curso de curta duração, completo e totalmente baseado nas melhores evidências científicas disponíveis. Foi desenvolvido para ajudar profissionais que atuam em pré-natal a responder as dúvidas e problemas frequentes no dia-a-dia. Ideal para os setores privado ou público, para quem trabalha em consultórios, clínicas, hospitais, prefeituras e outras organizações.

ATENÇÃO

Em virtude do crescimento do número de casos de Coronavirus (COVID-19) no Brasil, e da perspectiva de que, nas próximas semanas, várias regiões do país passem para a fase de transmissão comunitária do vírus, a equipe do PRENABE decidiu cancelar o curso agendado para os dias 17, 18 e 19 de Abril de 2020, em Belo Horizonte/MG.

A todos os inscritos, faremos a devolução integral do valor investido.

Novo curso, no mesmo formato, será agendado para o mês de Agosto de 2020, em dia a ser definido.

_________

Conheça o conteúdo do curso

Organização do Pré-Natal

Neste módulo, são analisados aspectos importantes da organização do pré-natal como: profissional que assiste, número de consultas, objetivos do cuidado e qualidade. Os mais importantes desafios para melhorar a qualidade do pré-natal no Brasil. Teste rápido para o diagnóstico da gravidez, acolhimento da mulher e conteúdo da primeira consulta. Avaliação e manejo pré-natal de mulheres expostas ao álcool, etilismo e tabagismo. Epidemia de obesidade e consequências da obesidade para a gestação. Papel da atenção primária no cuidado da mulher grávida obesa e com sobrepeso. Trabalho e gravidez (atestado médico, declaração de comparecimento, licença maternidade).

Queixas e Sintomas

Neste módulo, são discutidas as queixas mais comuns durante a gravidez, tais como sangramento no primeiro trimestre, cefaleia, lombalgia, náuseas e vômitos, varizes em membros inferiores, constipação, hemorroidas, epigastralgia. São discutidas as abordagens não farmacológicas e as drogas geralmente utilizadas para o tratamento dessas condições. É discutido o papel da atenção primária no diagnóstico e tratamento das infecções rotineiramente investigadas na gravidez (sífilis, infecção urinária, toxoplasmose, HIV, hepatite), mesmo quando encaminhadas para o pré-natal de alto risco. Outros infecções como Zika, Chikungunya, Dengue e Malária podem ser incluídas conforme a demanda local.

Condições Clínicas

Neste módulo são discutidas as condições e intercorrências clínicas comuns na gravidez, tais como hipertensão, crescimento intrauterino restrito, diabetes gestacional, prematuridade, anemia. É abordado o papel da atenção primária na identificação do risco, na implementação de intervenções preventivas (suplementação com ferro, ácido fólico, aspirina, carbonato de cálcio) e na identificação precoce da condição, assim como na abordagem inicial até encaminhamento para serviço de emergência ou pré-natal de alto risco.

Preparação do Parto

Neste módulo são discutidos aspectos dos cuidados frequentemente negligenciados no pré-natal, tais como: preparação da mulher para o parto, plano de parto, medo do parto e transferência do cuidado no final da gravidez. Avaliação, acolhimento e suporte à mulher com queixas de dor no final da gravidez, avaliação da vitalidade fetal no termo. Discussão da via de parto, inclusive avaliação clínica da mulher que manifesta desejo por cesariana. Momento do parto (até quando é seguro esperar, como orientar a mulher e sua família). Controvérsias relacionadas à pesquisa do pesquisa de estreptococo do grupo B.